Redesign e Rebranding Qual a diferenca o que e redesing o que e rebranding qual a diferenca entre eles quando usar cada um deles

Redesign e Rebranding Qual a diferenca o que e redesing o que e rebranding qual a diferenca entre eles quando usar cada um deles

post

Redesign e Rebranding: Qual a diferença?

Publicado em: 19/12/2022

Categorias: BlogConteúdo

Redesign e rebranding são duas palavras que são frequentemente usadas de forma similar, mas que são ligeiramente diferentes.

O rebranding é feito por uma empresa ou organização a fim de mudar a percepção do público sobre os negócios. O processo de rebranding não é uma solução rápida, pois requer muito tempo, esforço e dinheiro.

O redesign, por sua vez, é feito para mudar alguma apresentação da marca ou de algum produto no mercado.

Os redesigns geralmente são mais baratos e mais rápidos, mas ainda precisam de tempo e esforço criativo para reformular uma roupa de frio infantil atacado, por exemplo.

Redesign e rebranding da marca não são a mesma coisa. O redesign trata de melhorar o design de um produto, embalagem ou qualquer outra coisa visual. O rebranding, por outro lado, é quando se faz uma mudança na identidade da empresa.

O redesing é muitas vezes visto como uma mudança mais sutil, e o rebranding é quando a corporação busca um novo posicionamento e participação em um segmento de mercado.

O redesign pode ser uma boa maneira de renovar uma marca, mas também pode ser uma estratégia comercial periódica lucrativa por si só para aproveitar oportunidades de mercado.

O redesign muitas vezes ocorre em todas as disciplinas comerciais e de marketing, desde logotipos, passando pelo design de websites, até garantias de marketing para divulgar um restaurante argentino com tango, por exemplo.

O que é redesign

A definição de redesign é mudar de aparência ou de forma a marca ou um produto no mercado. É um verbo em inglês que significa mudar o design ou a aparência de algo. 

Para entender melhor esse conceito é possível usar como exemplo uma empresa de mão de obra construção civil que reconstruiu seu site mudando seu seu logo.

Um redesign é uma revisão de um projeto existente. Muitas vezes, implica em pegar o projeto antigo e fazer mudanças significativas para criar mais identidade e conexão com o público-alvo.

Como os gostos e preferências mudam substancialmente ao longo do tempo, é muito provável que as preferências do público-alvo também alterem, sendo muito importante realizar o redesign para adequar a imagem da marca às expectativas do público-alvo.

Isto pode envolver novas cores, novas características, um novo layout para promover os negócios de uma empresa que faz paisagismo e jardinagem em condomínios, por exemplo.

O objetivo é pegar um design que atingiu os limites para atualizá-lo com o que há de mais moderno nas técnicas profissionais de design moderno.

Isto é importante porque muitas pessoas não estarão interessadas em utilizar um aplicativo que não tenha sido atualizado em anos.

Quando um redesign acontece, muitas pessoas sentem a curiosidade para visitá-lo novamente, o que também significa muitas vezes que o negócio está procurando mudar a maneira como operar.

O design é a ideia de criar uma nova forma de algo cuja função é resolver um problema para apresentar produtos e serviços de empresas de diferentes portes e tamanhos.

Com esta definição, essa técnica consiste no ato de modificar um produto já fabricado ou em produção para que ele resolva um problema que o projeto atual não resolve.

O que é rebranding

Branding é o processo de criar uma imagem reconhecível para uma empresa, produto, serviço ou pessoa. É uma identidade que representa a organização e ajuda a diferenciá-la de concorrentes.

Rebranding é o processo de re-significar a marca, produtos e serviços que a empresa oferece, desenvolvendo um novo nome, logotipo e valores para mudar a percepção pública sobre um negócio que vende placa luminosa personalizada, por exemplo.  

Este processo é frequentemente iniciado quando a marca atual não é mais eficaz em alcançar os objetivos de mercado, ou quando a organização quer enfatizar uma mudança no foco principal de negócio.

De qualquer forma, é importante que o rebranding mantenha parte das identidades antigas para manter o prestígio que a empresa construiu no passado.  

O rebranding é frequentemente feito para melhorar os negócios, e explicitamente distanciar-se de conotações negativas e capitalizar em um novo e maior nicho para vender armário de cozinha suspenso planejado, por exemplo.

O rebranding é comum para grandes empresas que querem mudar a mensagem comercial que expressa aos consumidores.

Qual a diferença entre eles

Um redesign é quando uma empresa decide mudar um posicionamento superficial da marca ou produto, mudando o logotipo ou a aparência de algo pontual.

Por exemplo, as empresas de celulares têm um novo design para os smartphones a cada ano, sem comprometer os ideais e a identidade da marca.

Já quando uma empresa faz o rebranding ela faz mudanças maiores em uma tentativa de mudar o posicionamento e identidade da marca perante ao mercado.

Por exemplo, uma empresa que faz ensaio família externo pode reformular a proposta da marca para fazer ensaios para equipes profissionais, o que requer um novo estudo e posicionamento de mercado da marca.

Quando usar cada um deles?

Quando é um bom momento para redesenhar e reescrever uma marca no mercado pode ser uma decisão chave para os negócios de sucesso.

Entender o momento perfeito para realizar a transição requer muito estudo e sensibilidade das equipes de gestão e criação para decidir o melhor momento e a melhor mudança possível para a empresa.

É possível encontrar casos de pessoas que tornaram negócios bem sucedidos simplesmente por mudar a apresentação do empreendimento. No entanto, nem sempre é este o caso.

Existem muitos outros casos de empresas que decidiram por fazê-lo e perderam a base de clientes que conquistaram ao longo dos anos.

Para decidir a melhor opção e o melhor momento possível é necessário considerar alguns pressupostos que indicam a necessidade de fazer um redesign ou um rebranding para a marca.

Antes de tudo é necessário considerar o orçamento e a disposição da equipe de criação para realizar o trabalho, já que um rebranding será mais caro do que uma mudança visual da marca ou produto, mas também pode ter um efeito maior.

Para fazê-lo, as empresas precisam identificar uma mudança considerável no mercado de atuação que têm.

Se uma empresa fundou-se vendendo bolos, mas encontrou melhores oportunidades fazendo tortas salgadas, é necessário fazer o rebranding da marca para adaptar o negócio às expectativas do público-alvo.

Agora, se um veterinário mais próximo, por exemplo, continuar a atender os mesmos clientes e realizar negócios no mesmo segmento de mercado, o redesign deverá ser utilizado para modernizar a marca, mas não alterá-la.

O redesign e rebranding são processos de transformação comercial que afetam diretamente o setor de marketing da empresa, o que pode abrir portas para novas oportunidades no mercado.

As pessoas e organizações precisam considerar fazer alterações nas empresas ou produtos por uma série de razões.

Uma das razões mais comuns é que a marca antiga está muito ultrapassada, não tem mais ressonância com o perfil do consumidor moderno, ou é uma má representação da empresa.

Outras razões incluem querer alcançar um novo público, ser adquirido por outra empresa, ou apenas querer ter um novo começo para oferecer outros produtos e serviços pertinentes.

O processo de transformação da empresa é importante porque permite que os negócios cresçam e mudem com os tempos enquanto ainda permanecem relevantes para seu público.

O rebranding é uma prática bastante comum no mundo dos negócios. Pode ser feito por muitas razões, tais como para criar uma nova imagem, mudar a direção da empresa ou fazer uma empresa parecer mais simpática.

Qualquer que seja a razão para o rebranding, é importante para a empresa ter um plano de ataque, pois não é um processo fácil.

Por exemplo, de vez em quando, um projeto web requer uma revisão, isto porque os usuários mudam e os dispositivos nos quais eles acessam o site mudam.

Isto ocorre porque a tecnologia é um recurso que muda exponencialmente, sendo que cada vez mais pessoas estão acessando websites através de dispositivos móveis e mandando impressões próprias na internet.

Uma otimização móvel garante que o site tenha boa aparência e seja fácil de usar a partir de um dispositivo móvel.

A importância do redesign e rebranding são essenciais para acompanhar as últimas tendências para atender às necessidades e desejos dos clientes para melhorar a eficiência comercial da empresa, sendo alguns benefícios:

  • Modernização;
  • Adaptação;
  • Despertar a curiosidade no público;
  • Compreender o público-alvo.

Todos os negócios estão buscando oportunidades de se destacar e atrair atenção do mercado e, nunca é possível saber quando a próxima grande ideia vai sair.

Considerações finais

Sendo assim, é muito importante para empresas de diversos setores e tamanhos investirem em inovação e criatividade para alcançarem um novo nível de negócio.

É importante estar constantemente redesenhando a marca a fim de acompanhar as últimas tendências para atender às necessidades e desejos dos clientes para aumentar a eficiência comercial da corporação. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Link de compartilhamento

Compartilhe esse conteudo nas redes sociais ou por mensagem usando o link curto abaixo. Basta clicar em cima do link para copiar.

bruno.art.br/pb/2214

ID de Referência: 2214

Sugira uma publicação

Envie uma mensagem para mim, e sugira alguma publicação de algum tema que tenha dificuldades de resolver.

Clique aqui e entre em contato


Comentários