Core Web Vitals entenda como funciona essa metrica conceito de core web vitals importancia do core web vitals principais metricas usadas pelo core web vitals 1 scaled

Core Web Vitals entenda como funciona essa metrica conceito de core web vitals importancia do core web vitals principais metricas usadas pelo core web vitals 1 scaled

post

Core Web Vitals: entenda como funciona essa métrica!

Publicado em: 18/01/2023 / Atualizado em: 18/01/2023

Categorias: BlogConteúdo

Core web vitals é uma maneira do Google de melhorar a experiência de busca para os usuários. Não é de hoje que o Google afirma que seu maior propósito é melhorar a experiência das pessoas, independentemente do que elas procuram.

O buscador utiliza métricas que avaliam a rapidez e a estabilidade da página quando os visitantes interagem com ela e é fundamental entender sobre o assunto para que o site institucional possa se adaptar.

As estratégias de SEO são focadas na experiência do usuário e as organizações otimizam suas páginas para melhorar o posicionamento nos resultados de pesquisa, só que ao invés de pensar no algoritmo, é necessário pensar no usuário.

Respeitar as regras e imposições dos buscadores é importante, mas quem realmente vai consumir o que está dentro das plataformas são os usuários. As pessoas querem ter uma boa experiência e encontrar respostas para suas dúvidas.

O Google utiliza uma série de parâmetros para saber se uma página é realmente boa e é justamente nessa avaliação que entra o core web vitals.

Para entender um pouco mais sobre o assunto, este artigo vai explicar o conceito de core web vitals, falar um pouco sobre a importância dele e explicar quais são as métricas analisadas pelo recurso.

Conceito de core web vitals

Core Web Vitals são medidas de desempenho da web que fornecem uma visão geral da experiência do usuário em um site.

Essas métricas incluem largura de tempo de atividade que mede o tempo necessário para que o conteúdo principal de uma página se torne interativo.

Também existe a taxa de quadros por segundo (FPS), que mede a estabilidade da animação na tela.

Ao usar core web vitals, um fabricante de letreiro para loja também mede o intervalo de tempo de resposta de eventos (TTI), ou seja, o tempo que leva para que uma página responda a uma interação do usuário, como clicar em um botão.

A distância da primeira interação (FID) mede o tempo necessário para que o primeiro evento de interação, como clicar em um link, seja registrado.

Essas métricas são importantes porque ajudam a medir a velocidade e a estabilidade de um site, fatores críticos para a experiência do usuário. Além disso, também são importantes para o ranqueamento do site nos mecanismos de busca, como o Google.

Para melhorar essas métricas, os desenvolvedores web podem otimizar o código, reduzir o tamanho do arquivo, utilizar a tecnologia de armazenamento de cache e outras técnicas de otimização de desempenho.

Além disso, é importante monitorar essas métricas regularmente para garantir que o desempenho da página esteja sempre otimizado.

Em resumo, Core Web Vitals são métricas importantes que uma fabricante de embalagem biodegradável para alimentos utiliza para medir a experiência do usuário e o desempenho de um site.

Melhorando essas métricas, os desenvolvedores web podem garantir uma experiência de navegação rápida e estável para os usuários e melhorar o ranqueamento do site nos mecanismos de busca.

Importância do core web vitals

Core Web Vitals são medidas de desempenho da web que ajudam a avaliar a qualidade da experiência do usuário em uma página. Essas métricas incluem velocidade de carregamento, estabilidade da visualização e facilidade de interação.

A importância desses indicadores está relacionada ao fato de que eles afetam diretamente a satisfação do usuário e, consequentemente, as taxas de rejeição e conversão.

Além disso, o Google anunciou que vai usar essas métricas como sinais de classificação para seu algoritmo de busca.

Isso significa que sites com desempenho ruim nos Core Web Vitals podem ficar mais abaixo nos resultados de pesquisa, o que pode ter um impacto significativo no tráfego e nas vendas.

Para garantir que um site tenha bom desempenho, é importante seguir as melhores práticas de desenvolvimento web, como minimizar o uso de recursos externos, reduzir o tamanho dos arquivos e otimizar a renderização.

Uma gráfica especializada em plotagem colorida pode usar diversas ferramentas para fazer, assim, poderá fazer diversas melhorias em seu canal institucional, como:

  • Melhorar o tempo de resposta com o servidor;
  • Minificar e adiar Javascript e CSS;
  • Reduzir o tempo de carregamento;
  • Usar web worker.

Mas é importante seguir as recomendações do Google sobre os limites aceitáveis ​​para cada uma das métricas de Core Web Vitals. Por exemplo, o tempo de carregamento de uma página deve ser de menos de 2,5 segundos.

Em resumo, são medidas críticas de desempenho da web que afetam diretamente a satisfação do usuário e a classificação dos sites nos resultados de pesquisa. Garantir que um site tenha bom desempenho nessas métricas é crucial para o sucesso online.

Principais métricas usadas pelo core web vitals

O core web vital analisa diversas métricas para avaliar um site, mas existem 3 que são as mais importantes.

Uma delas é o First Contentful Paint (FCP), que mede o tempo que leva para o primeiro elemento visual como texto, imagem ou formulário, a ser exibido na tela do usuário.

Para um fabricante de piso laminado colocado, isso é importante porque quanto mais rápido o conteúdo é carregado, melhor a experiência do usuário será.

O FCP é medido a partir do momento em que o usuário solicita a página até o momento em que o primeiro elemento visual é exibido.

Existem várias maneiras de melhorar o FCP, incluindo otimizar imagens, minificar o código-fonte, usar ferramentas de pré-carregamento e ativar a compressão de arquivos.

Também é importante garantir que os arquivos de estilo e scripts sejam carregados o mais tardiamente possível, para que o conteúdo possa ser exibido o quanto antes.

É importante notar que o FCP é apenas uma das muitas métricas de desempenho de uma página web disponíveis e não deve ser utilizado sozinho para avaliar a qualidade de uma página.

Além do mais, é importante lembrar de testar a página em diferentes dispositivos e conexões de rede, pois o desempenho pode variar significativamente.

Outra métrica analisada é a First Input Delay, que mostra a velocidade de resposta após a primeira interação do usuário com a página.

Em português significa “atraso de primeira entrada” e é o tempo que o usuário interage pela primeira vez com o site de uma empresa de limpeza de fachada residencial até que o site possa processar uma resposta, de acordo com sua interação.

O atraso ou latência de entrada pode ser provocada por diversos processos, como quando a página precisa carregar um arquivo muito grande.

O Google sabe que a impressão do usuário sobre o site não se baseia apenas na velocidade de carregamento, mas também com relação ao tempo de resposta, algo fundamental para combinar o uso das 3 métricas mais importantes.

O ideal é que o tempo de carregamento não exceda 100 milissegundos, pois só assim o usuário terá uma resposta rápida o suficiente, portanto, se estiver acima, é necessário fazer alguns ajustes para garantir a boa experiência dos visitantes.

Taxa de quadros estáveis (Cumulative Layout Shift – CLS), mede a quantidade de movimento na tela enquanto a página está sendo carregada. Isso inclui mudanças de layout causadas por imagens e elementos de script que não têm tamanho definido.

O objetivo é evitar que os elementos da página sobre forro drywall sala sejam movidos enquanto o usuário está interagindo com ela.

Algumas mudanças inesperadas podem acontecer quando o usuário clica em um botão, mas quando um elemento carrega e a posição do botão muda, o visitante acaba clicando em outro elemento que não gostaria.

É algo que costuma incomodar muito as pessoas e pode até mesmo criar problemas para o usuário. Isso costuma acontecer quando elementos da página não carregam de maneira síncrona ou existe uma configuração dinâmica para se adaptar ao contexto.

A pontuação de CLS precisa estar abaixo de 0.1 e se estiver acima disso, o proprietário precisa fazer algumas melhorias.

Essas métricas são importantes porque afetam diretamente a experiência do usuário. Páginas que carregam rapidamente e respondem rapidamente à interação são mais prováveis de manter os visitantes interessados e aumentar o engajamento.

Um fabricante de corrimão articulado deve evitar mudanças de layout constantes porque podem ser confusas e desorientadas para os usuários, o que pode levar à diminuição da confiança e aumento da taxa de rejeição.

Considerações finais

Garantir uma boa experiência ao usuário é o principal propósito do Google e é justamente por isso que é tão exigente em relação à qualidade de cada página existente na internet.

Para uma empresa especializada na construção de telhado transparente para varanda, a melhor forma de se encaixar a todas essas exigências é utilizar o core web vitals e investir nas estratégias de SEO.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicações recomendadas:


Inscreva-se em Nossa News:

Seja notificando sempre que tiver conteúdo novo disponível no meu canal do Youtube ou artigo no meu Blog.

Bruno Devs News


Link Curto para Compartilhamento

Compartilhe esse conteudo nas redes sociais ou por mensagem usando o link curto abaixo. Basta clicar em cima do link para copiar.

bruno.art.br/pb/2345

ID de Referência: 2345

Sugira uma publicação

Envie uma mensagem e sugira um publicação sobre um assunto que tenha dificuldades de resolver.

Clique aqui e entre em contato


Comentários